RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
A VARANDA DE JEAN GENET
Teatro
Última ocorrência:
// 18 de Dezembro de 2011
// TEATRO DA CORNUCÓPIA
// Lisboa
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Novembro de 2011
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
Dezembro de 2011
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // A VARANDA DE JEAN GENET
DESCRIÇÃOTradução: Armando Silva Carvalho;
Encenação: Luis Miguel Cintra;
Cenário e Figurinos: Cristina Reis;
Desenho de luz: Daniel Worm d’Assumpção;
Interpretação: Beatriz Batarda, Dinarte Branco, Dinis Gomes, Duarte Guimarães, João Grosso, José Manuel Mendes, Luis Lima Barreto, Luis Miguel Cintra, Luísa Cruz, Ricardo Aibéo, Rita Durão, Sofia Marques, Tiago Manaia, Tiago Matias e Vítor d’Andrade.


Nessa casa de ilusões, nesse bordel a que chamam A Varanda, vêm os homens projectar as suas incapacidades e desejos em disfarces que reflectem os chamados pilares da Sociedade: Igreja, Justiça, Exército. Desse bordel, cuja patroa é a amante do Chefe da Polícia sai a rapariga que virá a ser a imagem da revolução vitoriosa lá fora na Cidade. E destronada a Rainha é Irma, a patroa do bordel quem servirá para, mascarada de Rainha, aparecer à varanda a saudar a multidão e restaurar o antigo poder. O bordel é também símbolo do próprio teatro, lugar fora do mundo e afinal o grande espelho em que o mundo se reflecte. As referências à verdadeira História passam pela Espanha do tempo da República e da Guerra civil, mas tudo é construído como uma grande Metáfora. Uma tragicómica festa teatral que acaba como começa, no Bordel, com a auto-castração do chefe revolucionário e um suicídio simbólico do Polícia, encerrado no Mausoléu construído para glória do herói da Repressão.
LOCALTEATRO DA CORNUCÓPIA
MORADARua Tenente Raul cascais, 1 A
DISTRITOLisboa
E-MAILinfo@teatro-cornucopia.pt
WEBSITEhttp://www.teatro-cornucopia.pt
HORARIO20:30
CUSTO15 € - Bilhete normal
7,50 € - Estudantes, < 25 anos e > 65 anos
DIVULGADORTeatro da Cornucópia
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
DANIELA NUNES @ GAL...
Exposição
// 16 de Dezembro de 2017
// Galeria Bangbang
// Lisboa
// Gratuito
13º CURSO GERAL DE...
Cinema e Workshop
// 18 de Dezembro de 2017
// Rua Latino Coelho, 8...
// Lisboa
// Não gratuito
Bibliofeira