RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
MANIFESTO EM DEFESA DA CULTURA
Outra
Última ocorrência:
// 23 de Fevereiro de 2012
// Teatro de Portalegre
// Portalegre
// Gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Fevereiro de 2012
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29
 // MANIFESTO EM DEFESA DA CULTURA
DESCRIÇÃO
Manifesto em Defesa da Cultura


O Manifesto em defesa da Cultura, apresentado publicamente em Lisboa, a 15 de Dezembro de 2011, tem feito o seu caminho e alarga lentamente o seu raio de acção, com novos subscritores, novas vontades e nova dinâmica.

Nunca foi, desde o início, intenção fazer dele um abaixo-assinado. Primeiro que tudo, foi uma posição política ante o precipitar de novos e ainda mais perigosos desenvolvimentos de uma orientação política de destruição do tecido cultural do país, da sua iniciativa e da garantia de serviço público por parte do Estado, como o determina a Constituição da República. Esse primeiro intento foi conseguido, logo com a sessão de apresentação e a relativamente extensa cobertura mediática de que foi objecto.

Surgiu também da necessidade e da compreensão de que é imperiosa a activação de um movimento em toda a sociedade portuguesa, que tome a cultura como bandeira sua e faça da defesa da cultura também a sua luta. Compreensão, portanto, de que este não pode ser apenas mais um protesto de artistas, invetigadores e técnicos, mas uma iniciativa de cidadãos para cidadãos. É nesta compreensão que reside o traço distintivo deste manifesto.

Finalmente, ele surge como impulso para a acção. Queremos que cada subscritor seja um combatente neste combate comum.

O Manifesto em defesa da Cultura estende-se agora a outros pontos do país. Foi apresentado no passado dia 3, em Évora, numa sessão de sala cheia de gente entusiasmada.

Seguiu-se a apresentação em Beja, uma sessão carregada de intervenções de grande qualidade. Segue-se a apresentação em Portalegre, já no dia 23 de Fevereiro. Uma assembleia do Manifesto em Lisboa terá lugar no Adufe Bar, quinta-feira, dia 1 de Março, às 19 horas.

Além do blogue do Manifesto em defesa da Cultura, contamos ainda com esta página no Facebook. Estes instrumentos de comunicação estão abertos aos vossos contributos: textos, imagens ou outras formas de exprimir as razões porque integraram este Manifesto.

Estamos nitidamente a entrar numa fase de transição da “estrutura” de Manifesto assinado para algo de mais dinâmico e a que podemos chamar um movimento. Para discutirmos o lançamento desta nova iniciativa, e continuarmos a analisar a apagada e vil tristeza, que os mandaretes da cultura vão tecendo, convidamos todos os actuais subscritores do manifesto e aqueles que o pretendam subscrever, para nos encontrarmos nas assembleias que se seguirão.

O Tempo de pôr fim a este rumo de desastre é o tempo de Hoje. Tempo de protesto e de recusa. Tempo de mobilização de toda a inteligência, de toda a criatividade, de toda a liberdade , de toda a cólera contra uma política que chama “austeridade” à imposição de um brutal retrocesso histórico. Defender a cultura é umas das mais inadiáveis formas de fazer ouvir todas as vozes acima do medíocre ruído dos “mercados” Manifestamo-nos em defesa da cultura. E agiremos em conformidade.
LOCALTeatro de Portalegre
MORADAConvento de Santa Clara
Apartado 264
DISTRITOPortalegre
E-MAILteatrodeportalegre@gmail.com
WEBSITEhttp://www.teatroportalegre.net
HORARIO18:00
CUSTOGratuito
DIVULGADORTeatro de Portalegre
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira