RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
FINGIDO E VERDADEIRO, OU O MARTÍRIO DE S...
Teatro
Última ocorrência:
// 29 de Abril de 2012
// TEATRO DA CORNUCÓPIA
// Lisboa
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Março de 2012
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
Abril de 2012
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
 // FINGIDO E VERDADEIRO, OU O MARTÍRIO DE S.GENS, ACTOR
DESCRIÇÃOTradução da peça original: Luis Lima Barreto;
Adaptação e Encenação: Luis Miguel Cintra;
Cenário e Figurinos: Cristina Reis;
Desenho de luz: Daniel Worm d’Assumpção

Interpretação: Cleia Almeida, Dinis Gomes, Duarte Guimarães, José Manuel Mendes, Luis Lima Barreto, Luis Miguel Cintra, Miguel Melo, Ricardo Aibéo,  Sofia Marques, Tiago Manaia, Vítor de Andrade, Ángel Martin e Rubén Ajo (bolseiros do Programa Leonardo da Vinci da Comunidade Europeia)


Uma desconstrução da peça de Lope de Vega Lo Fingido Verdadero, fragmentando-a, reduzindo as personagens, inserindo textos das fontes literárias a que Lope recorreu, e citações de Santo Agostinho, Tertuliano, Louis Jouvet e Jean Genet. O texto original é um exemplo particularmente interessante na produção do autor das comédias de vida de santos. A acção passa-se no século III, no tempo do imperador Diocleciano, e trata-se do mártir S. Gens, um actor que ao representar, a pedido do Imperador, a figura de um Cristão, se converte, e em consequência disso é condenado à morte. A peça de Lope de Vega, apesar de muito pouco representada nos nossos dias, é considerada sempre como uma peça fundamental no conjunto da obra do autor na medida em que, através da própria linguagem teatral, constitui uma autêntica segunda versão da arte poética contida no texto teórico: Arte Nova de Fazer Comédias. O espectáculo pretende ser um divertimento, jogo irónico sobre a Verdade e a Mentira, a Vida e a Ficção, sobre o Actor, fechando uma série de espectáculos que a Cornucópia tem vindo a apresentar em volta do mesmo tema.
LOCALTEATRO DA CORNUCÓPIA
MORADARua Tenente Raul cascais, 1 A
DISTRITOLisboa
E-MAILinfo@teatro-cornucopia.pt
WEBSITEhttp://www.teatro-cornucopia.pt
CUSTO15€ - Bilhete normal
7,50 € - Estudantes, menores de 25 anos e maiores de 65 anos
DIVULGADORTeatro da Cornucópia
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
13º CURSO GERAL DE...
Cinema e Workshop
// 09 de Outubro de 2017
// Rua Latino Coelho, 8...
// Lisboa
// Não gratuito
Bibliofeira