RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
A BUGANVÍLIA - JOÃO AFONSO (PARTICIPAÇÃ...
Música
Última ocorrência:
// 24 de Abril de 2013
// ACERT TONDELA
// Viseu
// Custo desconhecido
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Abril de 2013
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
 // A BUGANVÍLIA - JOÃO AFONSO (PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DE ROGÉRIO PIRES )
DESCRIÇÃOCelebrar Abril com uma voz que, renovadamente, lhe confere autenticidade

Qua, 24 de Abril, 21,45h
Auditório 1 Novo Ciclo ACERT


Um encontro povoado universos musicais sentidos de forma comum entre João Afonso e o guitarrista Rogério Pires.
Sinais de afinidades encantos partilhados.
A marca autoral de ambos e a comum valorização da palavra cantada tornam-se mais nítidas no formato íntimo deste concerto: apenas vozes e guitarras.

“A Buganvília” é canção que traduz o estado de espírito  para uma viagem  musical e cultural de dois músicos de exceção. Um Carril de Arte com que Rogério Pires, de forma delicada e sensível, aborda as composições a que João Afonso deu interpretações memoráveis.
O cantar de uma língua portuguesa com matizes dos cruzamentos multiculturais que a tornam sublime e de plurais identidades.
Um ”coral de missangas” vividos e imaginados por ambos. Viagens sedutoras onde confluem canções dos magníficos trabalhos editados por João Afonso:  “Missangas” e “Outra Vida”. Sensações que só uma verdadeira sintonia, como a deste recital musical, nos consegue aportar.

Enquanto se guarda ansiosamente pela edição do seu novo CD “Sangue Bom” — uma pitanga de verde mar construída como uma narrativa de histórias e mistérios de Mia Couto e de José Eduardo Agualusa com a musicalidade de João Afonso —, um concerto com muitas surpresas com que a ACERT celebrará o 25 de Abril.



+ Sobre

João Afonso
Cultivou, desde cedo, o gosto de cantar, tendo colhido influências, quer da música urbana africana, quer da música popular portuguesa, esta através do seu tio Zeca Afonso. De 1987 e 1995, participou em inúmeras homenagens a Zeca Afonso, nome-maior da música portuguesa.
Participa no projecto "Maio Maduro Maio", de parceria com José Mário Branco e Amélia Muge — CD duplo que, em 1995, recebeu o Prémio José Afonso.
Foi então clara a sua opção pela música, tendo abandonado definitivamente o curso de agronomia.
O seu primeiro álbum a solo, “MISSANGAS”, produzido por Júlio Pereira (1997), valeu-lhe o título de Melhor Voz Masculina Nacional (Prémio Blitz, 1998), tendo dado origem a edições em França e em Espanha.
“BARCO VOADOR”, produzido por José Carrapa, editado em 1999,  confirma João Afonso como um dos mais interessantes compositores e letristas da música portuguesa, reforçando igualmente a singularidade da sua voz.
Em 2002, o cantor edita, com o mesmo produtor, ZANZIBAR. O seu terceiro trabalho discográfico apresenta um complexo musical rico, no qual se destacam os jogos de vozes e a diversidade instrumental.
Em 2006, edita “OUTRA VIDA”. Ao seu lado, como produtor, director musical e responsável pelos arranjos, João Lucas. Um outro caminho musical, com a introdução de instrumentos como o piano, guitarra elétrica, bateria, contrabaixo, cavaquinho e clarinete. Em 2007, assume, pela primeira vez, cantar as canções do tio. Com João Lucas, cria um recital a piano e voz intitulado UM REDONDO VOCÁBULO, somente com canções de José Afonso.
Entre diversos projectos e colaborações, o cantor participou, também, nos discos Janelas Verdes e Acústico, de Júlio Pereira, e Lua Extravagante, do grupo com o mesmo nome. Em Espanha, apresentou-se em diversos concertos com o cantautor Luís Pastor. A ligação a Espanha é muito marcada desde o início da carreira de João Afonso: além da participação regular em espectáculos e festivais, colabora habitualmente com Uxía e Luis Pastor.
Ainda no âmbito da colaboração com músicos espanhóis, tinha gravado, em 1998, com o grupo Mestisay (Ilhas Canárias).
Em Portugal, são inúmeros os músicos com quem partilhou palcos, partilhando permanentemente encontros solidários e afectivos.
LOCALACERT TONDELA
MORADAR. Dr. Ricardo Mota
DISTRITOViseu
E-MAILgeral@acert.pt
WEBSITEhttp://www.acert.pt
HORARIO21:45
CUSTOCusto desconhecido
DIVULGADORRui Coimbra
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira