RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
EXPOSIÇÃO DE PAULA AUGUSTA NA ESCOLA SUP...
Exposição
Última ocorrência:
// 13 de Abril de 2006
// Escola Superior de Dança
// Lisboa
// Gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Março de 2006
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
Abril de 2006
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
 // EXPOSIÇÃO DE PAULA AUGUSTA NA ESCOLA SUPERIOR DE DANÇA
DESCRIÇÃOInserido no ciclo “Uma Obra Um Artista Um Mês”, está patente nas instalações da Escola Superior de Dança uma exposição de trabalhos de Paula Augusta. São obras que utilizam pano cru, espuma, cola de madeira, arame, lã, braçadeiras de serrinha, e fotografias que associam essas mesmas obras ao corpo humano.

Paula Augusta é natural de Lisboa e licenciada em Artes Plásticas – Pintura. Participou em exposições colectivas no Museu Nacional do Traje, em Lisboa, na Universidade de Lisboa, no Cine-Teatro Avenida, em Castelo Branco, na Câmara Municipal de Barrancos, na Fregenal de la Sierra, em Espanha, e no Palácio Galveias, em Lisboa. Fragmentos foi o título da sua exposição individual que esteve em exibição no Restaurante “A Esquina”, em Barrancos.

Na memória descritiva sobre o conjunto de trabalhos que a Escola Superior de Dança tem em exposição até ao próximo dia 13 de Abril, Paula Augusta assume o tecido como uma segunda pele, e explicita: “Com ele se constrói essa protecção da qual dificilmente abdicamos. Essa espécie de habitáculo no qual nos abrigamos – a roupa. O tecido tem, assim, uma forte ligação com o corpo. Encontra-se directamente ligado a este. Ele não só consegue adoptar as formas do corpo como também o seu espírito.
Uma pele com a qual podemos revestir e dar corpo a ideias, sejam elas de dor ou de prazer, de medos ou talvez não…
Desta forma materializa-se tudo o que possamos pensar ou mesmo o que, por vezes, nem ousamos imaginar.
Uma pele que reveste um corpo que, inevitavelmente, nasce, vive (reproduz-se) e morre!”

Concluindo, a artista plástica, cita a romancista francesa Marie Darrieussecq: “Vivi neste corpo. Conheço-o. Tem vários andares. Julgo saber que o acesso se faz por uma larga boca ventral (…) Podemos ser provadas, embaladas, beijadas, amadas, desventradas; e também retalhadas, enfaixadas, enfraldadas, fixadas em tela, cosidas, bordadas, descosidas. Podemos ir em todas as direcções (…) podemos fazer tudo aquilo que quisermos desde que fiquemos no corpo.”

De 2ª a 6ª feira, entre as 10h00 e as 18h00, as peças desta pele que revestem e dão vida a um corpo que se abre para o tempo de uma vida, são possíveis de serem apreciadas na Rua da Academia das Ciências, nº 5, em Lisboa.
LOCALEscola Superior de Dança
MORADARua da Academia de Ciências, nº 5
DISTRITOLisboa
E-MAILesd_divulga@esd.ipl.pt
WEBSITEhttp://www.esd.ipl.pt
HORARIO10:00
CUSTOGratuito
DIVULGADOREscola Superior de Dança
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
13º CURSO GERAL DE...
Cinema e Workshop
// 09 de Outubro de 2017
// Rua Latino Coelho, 8...
// Lisboa
// Não gratuito
MUSEU DAS MARIONETA...
Exposição
// 17 de Agosto de 2017
// Museu das Marionetas...
// Porto
// Não gratuito
Bibliofeira