RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
TOTONHO VILLEROY NO SÍTIO DO CEFALÓPODE
Música
Última ocorrência:
// 13 de Julho de 2006
// Espaço Cefalópode
// Lisboa
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Julho de 2006
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // TOTONHO VILLEROY NO SÍTIO DO CEFALÓPODE
DESCRIÇÃOQuinta-feira 13, vão actuar Totonho Villeroy e Marco Lobo para uma noite de
música popular brasileira, escolhendo Lisboa para se encontrarem.
Totonho vem de França, onde produz desde 1996 na cidade de Sanary sur Mer, o
Brasil festival Sud a Sul, e Marco Lobo passa em Lisboa pois estará
brevemente em digressão na Espanha com a cantora Virgínia Rodrigues e com o
baterista americano Billy Cobham em Londres.

Esta vai ser uma noite imperdível para os amantes de MPB com esta dupla
fenomenal!


TOTONHO VILLEROY

Indicado ao Grammy Latino 2005 de melhor canção da Língua Portuguesa com a música “São Sebastião”, Totonho Villeroy, é um dos mais requisitados compositores da nova geração da música brasileira.  Suas canções podem ser ouvidas nas vozes de Maria Bethânia, Ivan Lins, Ana Carolina, Eliana Printes, Ednardo e Belchior, Moska, Luciana Melo, Preta Gil, Paula Lima, Luiza Possi e muitos outros artistas.

Ele assina 7 canções do álbum mais vendido no Brasil, o Perfil da cantora Ana Carolina (3x Platinum). ]

Totonho Também tem parcerias com compositores americanos, como Don Grusin, Jeff Franzel, Eve Nelson, Rich Nehars e Marshall Altman e italianos como Antonio Galbiati.

Além de compor para outros artistas, Villeroy também é cantor e produtor. Seu mais recente álbum registrado é o ao vivo com acompanhamento luxuoso da Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro de Porto Alegue foi muito bem recebido no Brasil, também no Japão e em alguns paises da Europa para onde vem sendo exportado desde o final do ano passado.

São onze as canções onde predominam baladas e bossas, entre elas “São Sebastião”, bossa sinuosa em homenagem a cidade do Rio de Janeiro, “Siamo Così” com letra em italianos e “Uma Loca Tempetad”, com letra em espanhol, que foi tema da novela Senhora do Destino na voz de Ana Carolina.

No contexto de trilhas para cinema e televisão, Totonho é autor de inúmeras músicas que se popularizam através de novelas brasileiras como “Garganta” (Andando nas Nuvens), “Tô saindo” (Vila Madalena), “Ela é Bamba” ( As Filhas da Mãe), “Pra Rua Me levar” (América). É também responsável pelas canções-titulo dos filmes “Sexo, Amor e Traição”, em parceria com Eugenio Dale, que obteve o êxito de ser a segunda maior bilheteria do ultimo verão no Brasil, e “Amores Possíveis” em parceria com João Nabuco, longa metragem que ganhou o prêmio de Melhor Filme Latino Americano em 2001 no “Sundance Film Festival”. Também em cartaz nos cinema, o filme “Casamento de Romeu e Julieta” de Bruno Barreto, conta com a assinatura de Villeroy na versão para um hit de Rita Pavone.

Totonho tem dois CD’s independentes lançados na década de 90. Pelo primeiro, que leva apenas o seu nome, recebeu o “Prêmio Sharp de Revelação” da MPB em 1992. Com o segundo, “Trânsito”, lançado em 1995, deu impulso à sua carreira no exterior, ao ter sua canção “From Ruins of a Town” escolhida para ser tema principal da trilha do filme “Neptune`s Rocking Horse” do nova-iorquino Robert Tate.

Em 1994 chegou a Totonho, e realizou sua primeira tour pela Europa, apresentando-se em Festivais, bares, clubes de jazz de diversas cidades européias. Em 1995, o disco “Trânsito”  chegou às mãos de diversos produtores europeus, o que ajudou na concretização de novas turnês em cidades da Alemanha, Áustria, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Suíça, contabilizando cerca de 180 shows entre 1994 e 2004.

Desde de 1996, vem produzindo na cidade francesa de Sanary sur Mer, localizada à beira do Mediterrâneo, o maior festival de música brasileira que acontece regularmente na Europa, o Brasil festival Sud a Sul, totalmente dedicado a música brasileira, e que já levou ao palco da Cote Dázur, nomes como Gilberto Gil, Milton Nascimento, Jorge Benjor, Lenine, Margareth Menezes, Olodum, Paralamas do Sucesso, Ana Carolina, Carlinhos Brow, Chico César, Daniela Mercury, Elba Ramalho, Fernanda Abreu, Henri Salvador (convidado especial em 2004), Pagode Jazz Sardinha’s Club, O Rappa, Renato Borghetti, Skank, Trio Mocotó, e muitos outros artistas nacionais.

O ano de 2005 marca um novo período para Totonho Villeroy. Além de continuar compondo para outros artistas, e produzir o Festival Brasileiro na França, Totonho passa a dar mais atenção a sua carreira individual. O primeiro passo foi o seu novo disco, que possui todos os elementos necessários para sensibilizar platéias no Brasil e no exterior. O passo seguinte será a concretização do primeiro DVD e do volume dois da série de álbuns gravados ao vivo com a Orquestra do Theatro São Pedro e com participações especiais de Ana Carolina, João Donato e Dakini. O CD/DVD foi gravado nos dias 05 e 06 de abril no Theatro São Pedro e tem data de lançamento marcada para breve.

Discografia

Totonho Villeroy - 1991
Trânsito - 1995
Juntos 1 - 1997
Juntos 2 - 2001
Totonho Villeroy e Orquestra de Câmara Theatro São Pedro - 2004


www.totonhovilleroy.com.br









LOCALEspaço Cefalópode
DISTRITOLisboa
WEBSITEhttp://www.cefalopode.com/
HORARIO23:00
CUSTO5 E
DIVULGADORAlan Romero
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
11º PRÊMIO ARTE L...
Exposição e Outra
// 22 de Outubro de 2017
// Veneza arsenal
// Lisboa
// Não gratuito
13º CURSO GERAL DE...
Cinema e Workshop
// 23 de Outubro de 2017
// Rua Latino Coelho, 8...
// Lisboa
// Não gratuito
PREVENçãO E GESTÃ...
Workshop
// 26 de Outubro de 2017
// RG Mindset
// Lisboa
// Não gratuito
Bibliofeira