RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
WOYZECK
Teatro
Última ocorrência:
// 10 de Fevereiro de 2007
// Centro Cultural Vila Flor
// Braga
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Fevereiro de 2007
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29
 // WOYZECK
DESCRIÇÃOA peça “Woyzeck”, do Teatro Nacional São João, vai estar em cena no grande auditório do Centro Cultural Vila Flor, em Guimarães, no próximo dia 10 de Fevereiro, às 22h00. “Woyzeck” é o mais inacabado exemplo de “drama aberto” da dramaturgia pré-moderna. Não se saberá nunca o que seria esta peça que não chegou a sê-lo, se Georg Büchner (1813-1837) não tivesse morrido prematuramente, de tifo, aos vinte e três anos de idade, no exílio suíço.

Fragmentário e inacabado, situado na confluência do romantismo e do realismo social, “Woyzeck” é acima de tudo um manifesto em forma teatral que continua, ainda hoje, a identificar as estratégias de perversão da condição humana, nas quais assenta o sistema capitalista em que vivemos. Optando por uma estratégia de denúncia, por uma escrita quase terrorista, Georg Büchner obriga-nos a reflectir sobre a miséria e a dor como cernes fundadores, mas ocultos, das sociedades ditas democráticas.

Numa série de curtas cenas, Büchner conta-nos a história de Franz Woyzeck, um pobre soldado raso de uma pequena cidade. Oprimido pelo seu Capitão e submetido a uma bizarra experimentação clínica pelo médico do exército, os nervos de Woyzeck encontram-se já num terrífico estado de tensão quando começa a suspeitar que a sua amada Maria, de quem tem um filho, mantém um caso com o Tambor-Mor. A peça traça o mapa da crescente desconfiança e cólera de Woyzeck, que, dominado pelo ciúme e pelo desespero, é levado a destruir o único ser que ama. Traz Maria para a margem de um lago e, perante a sua atitude fria, perde a cabeça e mata-a. Depois de se embriagar, Woyzeck percebe que as pessoas o olham de modo estranho e que, em seu torno, se adensa a suspeita. Regressa, então, ao lago onde, presumivelmente, se afoga.
LOCALCentro Cultural Vila Flor
MORADAAv. D. Afonso Henriques, 701
DISTRITOBraga
E-MAILgeral@aoficina.pt
WEBSITEhttp://www.aoficina.pt
HORARIO22:00
CUSTO1ª Plateia – € 10,00/€ 7,50 c/desconto
2ª Plateia – € 7,50/€ 5,00 c/desconto
DIVULGADORCentro Cultural Vila Flor
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira