RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
O FAZEDOR DE TEATRO
Teatro
Última ocorrência:
// 23 de Junho de 2007
// Teatro da Cerca de S. Bernardo
// Coimbra
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Junho de 2007
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
 // O FAZEDOR DE TEATRO
DESCRIÇÃOO actor Bruscon chega com a sua fam&#1610;lia a uma aldeia na &#1569;ustria profunda. Numa sala de baile de uma estalagem decadente vai ter lugar, nessa mesma noite, a representaç&#1605;o de uma peça da sua autoria, interpretada por ele mesmo, pela sua mulher e pelos seus dois filhos. &#1577; um dia de intenso calor, o sal&#1605;o n&#1605;o est&#1604; pronto, as paredes est&#1605;o cheias de p&#1614; e o ch&#1605;o parece estar em n&#1610;tida decomposiç&#1605;o. Num compartimento vizinho fabrica-se chouriço, os currais à volta emanam odores pestilentos, e para completar toda esta situaç&#1605;o n&#1605;o se consegue obter do comandante dos bombeiros a autorizaç&#1605;o para que se desligue a luz de emergência durante o espect&#1604;culo, condiç&#1605;o essencial para que este se possa realizar. Face ao silêncio sepulcral da sua mulher, à submiss&#1605;o desiludida da filha e ao diletantismo do seu filho, Bruscon tenta salvaguardar o seu poder e o seu talento. A imagem de um homem arrogante, insuport&#1604;vel, artista clarividente que encena o seu mundo num turbilh&#1605;o de palavras, uma embriaguês verbal na demanda de uma coerência inating&#1610;vel.
..........................

Nesta peça Thomas Bernhard coloca-nos diante de uma &#1569;ustria ignorante, desleixada, embrutecida e hip&#1614;crita, uma &#1569;ustria onde se esqueceram de tirar o retrato de Hitler das paredes das estalagens. Esqueceram-se, simplesmente, e ele por l&#1604; fica.

O nosso pa&#1610;s n&#1605;o é a &#1569;ustria, mas a &#1569;ustria também n&#1605;o é o nosso pa&#1610;s.

Que retrato faria Thomas Bernhard do nosso rectângulozinho, seria necess&#1604;rio recorrer de novo ao grotesco? Voltaria ele a colocar o retrato de um ditador no cen&#1604;rio?

O que é que vos parece?

Pedro Malacas, encenador

Autor – Thomas Bernhard

Encenaç&#1605;o e dramaturgia – Pedro Malacas

Cenografia – Filipa Freitas e Pedro Malacas

Desenho de luz e sonoplastia – Rui Capit&#1605;o

Design gr&#1604;fico – Filipa Freitas

Fotografia – Pedro Malacas

Cabeleireiro – Il&#1610;dio Design

Produç&#1605;o executiva – Cl&#1604;udia do Vale e Marlise Gaspar

Interpretaç&#1605;o – Ant&#1614;nio Mort&#1604;gua, Ana Beir&#1605;o, Filipa Freitas, Helena Faria, José Geraldo, Marlise Gaspar e Nuno Geraldo.

Co-produç&#1605;o TEUC / Camale&#1605;o 2007


LOCALTeatro da Cerca de S. Bernardo
MORADAPátio da Inquisição
DISTRITOCoimbra
E-MAILteatroestudantesuc@gmail.com
WEBSITEhttp://www.teuc.pt
HORARIO21:30
CUSTO7€
5€ (preço reduzido para estudantes e até aos 30 anos de idade)
DIVULGADORFilipa Freitas
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira