RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
RAQUEL TAVARES
Música
Última ocorrência:
// 26 de Janeiro de 2008
// Centro Cultural Vila Flor
// Braga
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Janeiro de 2008
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // RAQUEL TAVARES
DESCRIÇÃO“História de uma Cantadeira” é o título do mais recente trabalho da jovem fadista Raquel Tavares e que serve de mote ao espectáculo que terá lugar no próximo sábado, dia 26 de Janeiro, às 22h00, no Centro Cultural Vila Flor em Guimarães.

Raquel Tavares é uma das fadistas mais representativas da nova geração. Em 1997, com apenas 12 anos, venceu a “Grande Noite do Fado” e em 2006 foi distinguida com o Prémio Revelação Feminina do Fado, atribuído pela Fundação Amália Rodrigues. Aos 23 anos de idade, Raquel Tavares é presença regular nas Casas de Fado lisboetas, integrando o elenco da Casa de Linhares.

A sua forte identificação com o fado mobilizou e inspirou todos os que a rodeiam a criar o espectáculo “História de uma Cantadeira” em que Raquel Tavares é musa e personagem principal. Se fado quer dizer destino, então que se fale de Raquel Tavares. Sente-se na voz, na atitude, na expressão e, acima de tudo, na coragem que tem em assumir-se como “uma fadista”. Tudo isto não pode ser por acaso, nem pelo facto de se falar de uma artista com um enorme talento para representar.

Além da versatilidade, Raquel Tavares tem o talento de recriar aquilo que poderia ser um “Fado Balada” ou um “Fado Canção”, num grande fado dos nossos tempos, como nos temas “Noite”, “Querer Cantar”, “Por Momentos” ou “Trazes pedaços de mim”. Considerada pela imprensa crítica como a nova Severa Lisboeta, Raquel Tavares “canta com a maturidade de quem nunca foi criança. O seu fado é o espelho da alma.”.

Raquel Tavares nasceu em Lisboa, no dia 11 de Janeiro de 1985, oriunda de uma família com ligação ao panorama musical da canção de Lisboa. Desde muito nova frequentava os cantos e recantos a que alguns poderão chamar “guetos” ou as tertúlias do fado. Os estudos levaram-na a outros caminhos, seguindo um percurso normal de educação e amadurecimento, até ao momento em que o destino, o “seu” fado, a levou a decidir a sua vida e carreira. Voltou aos lugares habituais do Fado, já com 18 anos de idade. Passou pelas casas de Fado “Café Luso”, “Sr. Vinho”, “Arcadas do Faia”, “Adega Mesquita”, “Adega Machado” e por fim integrou o elenco da “Casa de Linhares”.

Raquel Tavares sobe ao palco do Centro Cultural Vila Flor acompanhada por Bernardo Couto, na guitarra portuguesa, Diogo Clemente, na viola de fado, e Nando Araújo, no baixo.

LOCALCentro Cultural Vila Flor
MORADAAv. D. Afonso Henriques, 701
DISTRITOBraga
E-MAILgeral@aoficina.pt
WEBSITEhttp://www.ccvf.pt
HORARIO22:00
CUSTO€ 10,00/€ 7,50 c/desconto
DIVULGADORCentro Cultural Vila Flor
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira