RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
À ESQUERDA DA ESQUERDA
Exposição e Palestra
Última ocorrência:
// 02 de Maio de 2009
// ZDB - Zé dos Bois
// Lisboa
// Não gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Abril de 2009
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
Maio de 2009
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // À ESQUERDA DA ESQUERDA
DESCRIÇÃOA&#768; ESQUERDA DA ESQUERDA
Documentos para a Histo&#769;ria de uma Revoluc&#807;a&#771;o

Entre 18 de Abril e 2 de Maio, a Galeria Ze&#769; dos Bois em colaborac&#807;a&#771;o com a LembrAbril, apresenta um nu&#769;cleo documental que percorre organizac&#807;o&#771;es politizadas, informais e partida&#769;rias, emergentes das movimentac&#807;o&#771;es revoluciona&#769;rias que inauguraram a democracia portuguesa. Esta mostra ine&#769;dita e diferenciada, por se focar no quadro ideolo&#769;gico da extrema-esquerda, reu&#769;ne material iconogra&#769;fico original produzido pelas diferentes forc&#807;as poli&#769;ticas no momento ma&#769;ximo da sua proliferac&#807;a&#771;o. A exposic&#807;a&#771;o que pretende contribuir a uma diferenciac&#807;a&#771;o ideolo&#769;gica dessas forc&#807;as sociais mostra, por um lado, jornais, panfletos e cartazes, por outro, fotografias capturadas por Jose&#769; Marques documentando inscric&#807;o&#771;es murais ano&#769;nimas e ainda, ‘Revoluc&#807;a&#771;o’, um filme paradigma&#769;tico realizado em 1975 por Ana Hatherly que reforc&#807;a, desde um ponto de vista arti&#769;stico, o sentido de urge&#770;ncia e vontade colectiva de
posicionamento poli&#769;tico.
Para ale&#769;m do material original apresentado que se constitui como uma resenha incompleta, optou-se pelo recurso a estrate&#769;gias de revisitac&#807;a&#771;o desta image&#769;tica que recuperam o seu sentido efe&#769;mero. Como tal, as paredes da galeria cobrem-se de pinturas que reproduzem cartazes em tamanho ampliado; de palavras de ordem grafitadas; e de tre&#770;s intervenc&#807;o&#771;es murais de grande escala.
Em suma, reuniu-se um conjunto de objectos, no intuito de melhor definir um discurso em
torno de organismos partida&#769;rios e forc&#807;as poli&#769;ticas, que hoje confundimos com a intensidade
das suas propostas.

OBRAS em EXPOSIC&#807;A&#771;O.
Os cartazes apresentados ou representados pertenceram a&#768;s seguintes organizac&#807;o&#771;es: AOC; PRP - BR; FEC ml; FUR; GDUP; Grito do Povo; LCI prt; LUAR; MES; MRPP; OCMLP; ORPC ml; OUT; PCP ml; PCP R; PUP; UDP; UJECML; JC ml; GAAFs; MPAC; Associac&#807;a&#771;o da Amizade Portugal - China; FEML; UMC; O Tempo e o Modo; Spartacus.
Partindo do conjunto de fotografias do livro ‘Paredes em Liberdade’, recolhidas entre Abril e Maio de ’74, nas quais Jose&#769; Marques retrata palavras de ordem, exige&#770;ncias e provocac&#807;o&#771;es, inscritas de forma ano&#769;nima pelas paredes de Lisboa, apresentamos uma edic&#807;a&#771;o fac-similada de 18 postais representativos na&#771;o apenas da publicac&#807;a&#771;o, como do clima de liberdade discursiva individual caracteri&#769;stica desse peri&#769;odo.  
O filme ‘Revoluc&#807;a&#771;o’ (1975), simultaneamente objecto arti&#769;stico e documental, de Ana Hatherly, no qual se fixa o sentido de urge&#770;ncia e da disseminac&#807;a&#771;o generalizada do discurso social e poli&#769;tico, apo&#769;s o 25 de Abril, e, sobretudo, da sobreposic&#807;a&#771;o da expressa&#771;o popular num momento central da poli&#769;tica portuguesa.
Reconhecendo o papel fundamental do mural, no a&#770;mbito da comunicac&#807;a&#771;o poli&#769;tico-partida&#769;ria, foi proposto a Anto&#769;nio Alves (que participou da concepc&#807;a&#771;o e execuc&#807;a&#771;o de diversos murais partida&#769;rios) e ao artista RIGO (que dete&#769;m uma produc&#807;a&#771;o muralista i&#769;mpar), uma composic&#807;a&#771;o na parede lateral exterior do edifi&#769;cio da ZDB, na linha dos grandes murais populares e maoi&#769;stas.
LOCALZDB - Zé dos Bois
MORADARua da Barroca 59
Bairro Alto
DISTRITOLisboa
E-MAILreservas@zedosbois.org
WEBSITEhttp://www.zedosbois.org
HORARIO14:00
CUSTOExposição: 2€
Conferência: Gratuíto
Concerto JP Simões: Gratuíto
DIVULGADORDaniela Ribeiro
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
13º CURSO GERAL DE...
Cinema e Workshop
// 20 de Novembro de 2017
// Rua Latino Coelho, 8...
// Lisboa
// Não gratuito
WORKSHOP INTELIGêN...
Workshop
// 25 de Novembro de 2017
// RG Mindset
// Lisboa
// Não gratuito
18º CONGRESSO INTE...
Palestra
// 23 de Novembro de 2017
// Legião da Boa Vontade
// Porto
// Gratuito
Bibliofeira