RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
VIAGENS COM A MINHA TIA DE DANIEL BLAUFU...
Exposição
Última ocorrência:
// 21 de Junho de 2009
// Solar Galeria de Arte Cinemática
// Porto
// Gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Maio de 2009
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
Junho de 2009
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30
 // VIAGENS COM A MINHA TIA DE DANIEL BLAUFUCKS
DESCRIÇÃOO fotógrafo Daniel Blaukfus apresenta na Solar – Galeria de Arte Cinemática, uma exposição pessoal de pesquisa sobre a memória e sobre o poder das imagens anónimas e de autor, com novos trabalhos inspirados no importante lugar que o registo cinematográfico documental tem no património colectivo e na sua recontextualização enquanto objecto artístico. A par de alguns trabalhos inéditos, concebidos especificamente para o espaço da Solar, serão apresentados projectos que o artista tem desenvolvido nos últimos anos.

A série de oito instalações vídeo e uma fotografia, que compõem esta exposição, é invadida por personagens e lugares que desapareceram há muito tempo mas voltam como visões inquietantes que se estabeleceram desde cedo na obra muito pessoal e de grande fé nas imagens e na memória que Blaufuks insiste em explorar no seu trabalho.

A vitalidade do passado é revisitada e renasce para estabelecer pontos comuns entre as suas obras videográficas participando então de uma construção de histórias contra o esquecimento.

Narrativas que desde as primeiras imagens nos prendem como num thriller cinematográfico por vezes metafísico e crepuscular em que transpiram resquícios da odisseia do povo judeu, tema tentacular na deriva artística de Daniel Blaufuks, sempre a evitar os clichés fotográficos mesmo quando utiliza situações falsamente cartão postal para turistas.

A apropriação de imagens anónimas em várias situações ou facilmente reconhecidas do cinema noutros casos, aparecem aqui ao serviço de uma ideia recorrente na sua obra: a viagem e a memória. Umas vezes insinuando-se como um autor próximo de realizadores como Wim Wenders ou Alain Resnais, noutras indagando e apoiando-se em autores literários como W.G. Sebald ou Graham Greene, mas cada vez mais próximo do cinema e das suas histórias.

Daniel Blaufuks tem trabalhado na relação entre fotografia e literatura, através de obras como My Tangier com o escritor Paul Bowles. Mais recentemente, Collected Short Stories apresentou vários diptícos fotográficos numa espécie de "prosa de instantâneos", um discurso baseado em fragmentos visuais, que insinuam histórias privadas a caminho de se tornarem públicas. A relação entre o público e o privado tem sido, aliás, uma das constantes interrogações no seu trabalho. Utiliza principalmente a fotografia e o video, apresentando o resultado através de livros, instalações e filmes. O seu documentário Sob Céus Estranhos foi apresentado no Lincoln Center em Nova Iorque. Algumas das suas últimas exposições foram no Centro de Arte Moderna, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa, Palazzo delle Papesse, Siena, LisboaPhoto, Centro Cultural de Belém, Lisboa, Elga Wimmer Gallery, New York, Museu do Chiado, Lisboa,e Photoespaña, Madrid, onde o seu livro Sob Céus Estranhos recebeu o prémio de melhor edição internacional do ano de 2007. Nesse ano foi galardoado igualmente com o prémio BES Photo.

No espaço Cave, será apresentada em simultâneo a instalação "Alienação Feminina" de Catarina Campos. Estas imagens construíram-se a partir de sombras da mulher. Mulheres coisificadas, moradas de desejo, objectos incapazes de accionar. A mulher transferiu o domínio da sua personalidade individual para a imagem, permitiu tornar-se representação de signos da fortuna do homem, obrigou-se a perseguir o conceito de beleza. Este projecto é uma oposição à alienação feminina. A mulher é sujeito, não depende da acção de outro.

A exposição inaugura no dia 8 de Maio, ficando patente na Solar até ao dia 22 de Junho.
LOCALSolar Galeria de Arte Cinemática
MORADARua do Lidador

DISTRITOPorto
E-MAILsolar@curtas.pt | press@curtas.pt
WEBSITEhttp://www.curtas.pt/solar
CUSTOGratuito
DIVULGADORcarolina medeiros
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
 // PRÓXIMOS EVENTOS RELACIONADOS
18º CONGRESSO INTE...
Palestra
// 23 de Novembro de 2017
// Legião da Boa Vontade
// Porto
// Gratuito
18º CONGRESSO INTE...
Palestra e Workshop
// 23 de Novembro de 2017
// Legião da Boa VOntade
// Porto
// Gratuito
FAMILIAS ARGILOSAS
Workshop
// 03 de Dezembro de 2017
// Museu do Vinho do pOrto
// Porto
// Não gratuito
Bibliofeira