RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
SOLO I E II, ANTÓNIO PINHO VARGAS
Música
Última ocorrência:
// 01 de Março de 2010
// Teatro Gil Vicente
// Coimbra
// Custo desconhecido
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Março de 2010
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // SOLO I E II, ANTÓNIO PINHO VARGAS
DESCRIÇÃODois anos depois do regresso à música ao vivo e em disco de António Pinho Vargas, chega a vez de Coimbra assistir ao concerto a solo deste conceituado pianista e compositor português.
Um regresso a Coimbra que ocorre numa altura em que, para além de estar a terminar o doutoramento em Coimbra, António Pinho Vargas é investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra e professor de Música Portuguesa na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra.

“O projecto de gravar um disco a solo com grande parte das músicas compostas para os meus grupos de jazz de 1976 a meados dos anos 90 já era antigo. O David Ferreira insistia comigo há vários anos mas por várias razões só em Dezembro de 2007 as gravações no CCB tiveram lugar. Surgiu então um outro problema. Quando pensava que ia gravar um disco, registei, por excesso de entusiasmo, três horas de música. A solução encontrada acabou por ser a edição de dois cds duplos: “Solo” em Julho de 2008 e “Solo II” em Outubro de 2009. Este segundo cd completa o projecto inicial.

Neste concerto, irei talvez concentrar-me mais nas músicas do II volume mas sem perder de vista que a ideia era, e sempre foi, registar num todo, um testemunho de cerca de 30 anos de actividade musical. Depois de 12 anos sem gravar e sete sem fazer concertos – o trabalho da composição tem sido felizmente muito – o regresso aos concertos tem-me mostrado que nem tudo foi tão inútil como às vezes parece aos artistas e que continuam a existir tanto uma “intensa afectividade” por parte da abstracção chamada público – que muitas vezes se transforma em pessoas que dão abraços e dizem coisas inesquecíveis – como o prazer físico e mental de tocar piano.”

António Pinho Vargas, Junho de 2009

[fotografia de Isabel Pinto]
LOCALTeatro Gil Vicente
MORADAPraça da República
DISTRITOCoimbra
E-MAILisabelcampante@aescoladanoite.pt
WEBSITEhttp://weblog.aescoladanoite.pt/
HORARIO21:30
CUSTOCusto desconhecido
DIVULGADORIsabel Campante
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira