RedeCultural
INSCREVER
PESQUISAR
TOP DIVULGADORES
PERGUNTAR
CONVIDAR
E-MAIL
PASSWORD
Inscreva-se gratuitamente na RedeCultural para receber uma newsleter semanal personalizada e/ou divulgar eventos culturais.
Quanto mais rede,
mais cultural.
REBISTA À MODA DO PORTO
Teatro
Última ocorrência:
// 26 de Março de 2010
// Casa das Artes de Amarante
// Porto
// Gratuito
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Calendário com as ocorrências deste evento (marcadas a cor-de-rosa):
Março de 2010
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
 // REBISTA À MODA DO PORTO
DESCRIÇÃOComemoração do Dia Mundial do Teatro - 27 de Março
ReBista à Moda do Porto
26 Março – 21h30
Casa das Artes de Amarante
Entrada Livre limitada aos lugares disponíveis na sala


Uma revista à portuguesa será sempre um espectáculo oportuno numa época de crise. Esta ReBista à Moda do Porto parece-nos um espectáculo mais que oportuno, pelo encanto que este grupo proporciona quando actua – seja a dançar, cantar, seja a representar um género que, não nos parece nada caquéctico ou desusado mas antes, aquele que provavelmente melhor vai de encontro ao nosso povo, seus hábitos, costumes e, que melhor respeita essa tradição vicentina do ridendo castigat morales.
Os tipos sociais vicentinos são os mesmos tipos que encontrámos no nosso quotidiano de hoje seja no Porto, em Lisboa ou numa qualquer aldeia ou vila trasmontana porque são os mesmos tipos de sempre. A sua psicologia é uma psicologia de grupo social, e não uma psicologia individual mas, nem por serem tipos sociais estas personagens deixam de ser indivíduos vivos, de impressionante presença. Gil Vicente retratou nas suas obras a degradação dos costumes, a alcoviteirice, a infidelidade conjugal, a feitiçaria, a superstição, a usura, a imoralidade dos religiosos, a incompetência dos médicos, dos juízes ou políticos e, esse mesmo retrato foi o nosso grupo encontrar nas vendedeiras e nos mercados tripeiros do Bolhão ou Bom Sucesso, nos comentários cada vez mais generalizados do povo tipo – “este mundo está perdido”; a mesma alcoviteirice e, infidelidades, de várias ordens religiosas ou, nem por isso, os mesmos pecados e virtudes, os mesmos “bichos e bichas” de sempre!
Quem for ao teatro encontrará um espectáculo de descontracção e frescura mas, também, um olhar nos olhos uns dos outros, sem freio na língua nem receio de mostrar os dentes para que, num riso com siso, contemplar a verdadeira ReBista à Moda do Porto.
Numa ReBista à Moda do Porto teríamos sempre que cantar e elogiar os Teatros da Cidade do Porto que, desde os finais do século XVIII tem assistido ao aparecimento e desaparecimento de dezenas de maravilhosas salas de espectáculos, conferindo à cidade e à região um aspecto espectacular!
Numa ReBista à Moda do Porto teríamos sempre de cantar o Douro, suas gentes, mareantes e, claro… - Cantar o Porto e suas freguesias. Cantar o ‘povo tripeiro’ se nos permitem a expressão de orgulho.
Mas também não poderíamos deixar passar a oportunidade de evocar figuras históricas da cidade e do país e, assim sendo, fazemos nesta ReBista uma justa homenagem a José Guimarães que, o grande público (des) conhecerá pela canção Rosa Branca popularizada por Mariza no mundo inteiro.
Uma satírica homenagem às nossas gentes, hábitos e costumes do nosso querido e mundial Portugal!

Vão ao Teatro! Viva o Teatro!
LOCALCasa das Artes de Amarante
MORADARua Nova - São Gonçalo
DISTRITOPorto
E-MAILmmasc@cm-amarante.pt
WEBSITEhttp://www.cm-amarante.pt
HORARIO21:30
CUSTOGratuito
DIVULGADORMunicípio de Amarante
>> DENUNCIAR ESTE EVENTO OU AVISAR QUE ESTES DADOS NÃO ESTÃO CORRECTOS <<
>> PARTILHAR ESTE EVENTO NO FACEBOOK >>
<< REGRESSAR À LISTA DE EVENTOS ANTERIOR <<
Bibliofeira